faça uma doaçao

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Entre a loucura e a Mediunidade

Entre a loucura e a Mediunidade

fonte
Meus filhos, Menino Gavião e Menino Falcão ainda não são encarnados.
Converso com eles em sonhos, às vezes consigo escutá-los (sou "meio" clariaudiente) ou às vezes eles vêm por meio de um Médium amigo meu, o Xamã.

Eles já foram meus filhos em outras vidas passadas, algumas com o Homem Gavião. Eles foram apresentados à mim já tem certo tempo, mas eu sempre avisei que eu somente permitiria a vinda deles assim que minha vida estivesse arrumada.
Não queria passar apertos, nem que eles passassem necessidades, já que não tenho mais família no plano terreno, minha situação financeira nunca foi muito estável e o Homem Gavião demorou para aparecer nesta vida.

Eventualmente eles vêm então, "montam" no Médium e conversam comigo. Matamos saudades, conversamos, faço comida para eles, enfim, é uma farra.
Gosto de saber das novidades do "outro lado". Aqui presos neste corpo e planeta primitivos, sempre fiquei frustrada, sempre quis viajar pelo universo, conhecer coisas novas, mundos novos.
-"Aprendemos que todo o Sistema Solar é habitado", disse Menino Gavião, o mais velho.
-"Todo?Mas como, se com telescópicos, sondas espaciais, Hubbles da vida, nunca acharam nada.." Repliquei.
-"Todos os planetas são habitados, têm cidades, etc. Mas são todos no plano espiritual", disse. A Terra é um Plano Evolutivo diferente, então os espíritos que vêm para cá ou são muito primários, ou vêm para ter experiências diferentes completou.
-Aquelas pessoas que nascem com Síndrome de Down, ou Paralisia cerebral e outros problemas, são de outros lugares, outros planetas? Perguntei.
-"Sim, daí alguns têm muita dificuldade para encarnar e se adaptar ao corpo humano que por sua vez tem muitas limitações. Então eles acabam nascendo com algumas sequelas, mas enfim, tudo é um grande aprendizado para eles e tudo isso é necessário."

Essas informações eles aprendem nas escolinhas preparatórias para reencarnar.
Mas claro que ao nascer eles "perdem" essa memória têm de recomeçam do zero. Frações de memória são liberadas para cumprir missões, completar metas e evoluir. Tudo que a pessoa vai passar em vida física, é cuidadosamente estudado e preparado antes de nascer. O problema é que depois que nascem, muitas pessoas não aceitam seu destino e tomam caminhos muito diferentes.

-"Queria saber do Márcio, o irmão de Márcia, minha amiga da infância. Ele era um bom menino, muito inteligente e prestativo. Do nada, quando tinha em torno de 18 anos, ficou estranho, não falava coisa com coisa. A família que era Espírita se converteu ao Evangelismo. Hoje com cerca de 37 anos, está medicado por substâncias muito fortes, e ele fica com um ar estranho, permanentemente fora do ar e meio dopado. Aparenta uma criança de 5 anos e não evoluiu. A família que antes era espírita, se assutou muito com o quadro do rapaz e acusou o Centro Espírita de ter influenciado negativamente a situação. Por fim, todos viraram Evangélicos e oram bastante para deixá-lo bom, coisa que nunca realmente aconteceu. Hoje o quadro dele é estável, mas a família sofre muito com isso. Você pode me contar o que houve com ele?"

-"Ele é um grande Médium, como o Tio Xamã. O problema é que ele tem as "portas" do mundo espiritual completamente escancaradas e ele não consegue controlar. O tio Xamã, controla, sabe quem vem e assim vai levando. O Márcio não tem essa capacidade. Por isso que ele ficou assim. Ele veio para fazer um trabalho espiritual. Ele é uma porta para que os espíritos desencarnados possam vir ao mundo físico fazer caridade, ensinar. Somente assim eles podem evoluir. Todo mundo(espírito) vê a porta aberta e quer passar. E assim ele acaba ficando desequilibrado e ninguém entende nada. O certo era ele se tratar em um Centro Espírita. Mas o certo mesmo, era ele "rodar" em um centro de Umbanda ou Candomblé e deixar esse povo passar para fazer caridade. Somente assim, ele ficaria em paz e poderia levar sua vida normalmente, Mas não foi isso que aconteceu."

É lamentável. Fico com dó de Márcio. Sou amiga da família a muitos anos e sempre acompanhei o drama sem fim, a busca por remédios, os tratamentos e as orações. E o que mais me espanta na verdade, é que Márcio nasceu em uma família Espírita, praticante, caridosa. Mas no desespero de ver o filho bem, fecharam os olhos e foram para um caminho completamente equivocado.
Esse tipo de caso é mais comum do que se imagina.
No círculo Evolutivo, tanto em Terra como em Espírito, temos que ajudar aos outros para Evoluir.
Caridade, Disciplina e Amor são os ingredientes principais dessa evolução espiritual de qual não podemos fugir.
E para que os espíritos possam vir à Terra para fazer seu papel, ajudar e orientar os homens, pessoas especiais são preparadas para isso. As famílias são escolhidas à dedo, a preparação pré-encarnatória é severa, os guias espirituais extremamente evoluídos e presentes.
Mas mesmo assim, na vida física, os problemas, os carmas, a opção religiosa e as dificuldades do dia a dia acabam mudando o caminho inicial.
Muitas vezes a pessoa já sabe da sua missão. Mas não aceita.
E sua linha espiritual fica a bater a porta, seja em sonhos ou acordado. Muitas vezes vão ao psiquiatra reclamar que escutam vozes, zumbidos e comandos. Saem de lá com medicamentos violentos, que podem causar dependência e que não resolvem a situação.

O que fazer?

Em primeiro lugar, humildemente pedir ajuda a um Centro Espírita e fazer o tratamento, isso já irá acalmar a situação. Depois, acender velas e conversar com os guias, os anjos que acompanham a pessoa e tentar ver a melhor solução. Não dá para fugir dessa missão. Mas também não dá para viver "chapado" de medicamentos.

Não é uma escolha fácil, mas quando finalmente se aceita a missão em Terra, que já fora aceita antes de encarnar, a vida flui melhor, as portas das boas oportunidades se abrem e a vida da pessoa enfim, se estabiliza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AJUDE COM UMA DOAÇAO dados para deposito BANCO DO BRASIL agencia 06432 conta 263508

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens populares